.
.
.
.
.

[ VISITANTES ]

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Crítica do Filme: Evocando Espíritos 2





AUTOR DA CRÍTICA .......................... DENNIS WILLIAN CIDRAL

TÍTULO ORIGINAL ........................... THE HAUNTING IN CONNECTICUT 2:GHOSTS OF GEORGIA


DIREÇÃO ................................... TOM ELKINS


GÊNERO .................................... TERROR


DURAÇÃO ................................... 100 MINTUTOS


DISTRIBUIDORA ............................. IMAGEM FILMES


LANÇAMENTO ................................ 2013


PAÍS DE ORIGEM ............................ ESTADOS UNIDOS


AVALIAÇÃO DO AUTOR ........................ ( RUIM )



"ELES SÓ QUEREM SE CONECTAR"


SINOPSE
Uma jovem família muda-se para uma antiga casa nas mediações rurais da Geórgia e lá percebem que não são os únicos habitantes. Logo notam que há um segredo obscuro e ameaçador que derrubará todos no seu caminho... Baseados em fatos reais,a trama reconstitui a horrorizante história de uma família que foi assombrada por espíritos no ano de 1993 em uma fazenda na Geórgia
CRÍTICA
Levando em consideração o ótimo filme de 2009,Evocando Espíritos(The Haunting in Connecticut),tenho à dizer que diferentemente do primeiro,o segundo não chega nem nos pés da primeira produção.Para começar estava intrigado para ver uma pré-sequência que na minha visão iria manter a tensão do primeiro,mas o que eu assisti foi um besteirol,que nem ao menos parece baseado em fatos reais.Tudo ficou muito tosco no filme,usaram efeitos flash o que manchou ainda mais a qualidade do filme.Não vou dizer que não fiquei com medo,porque estaria mentindo,ele dá uns sustinhos,porém fica nisso,não chega a entusiasmar o público,porque no decorrer da metade pro fim o filme declina.Tão chato que dá sono.
Tom Elkins,editor do filme original,dirige.Mas não tem dotes de um bom diretor,além dos próprios atores que tem uma atuação ainda mais apagada.Principalmente Chad Michael Murray(A Casa de Cera).Que passa em branco em uma de suas principais atuações.Assim como Katee Sackhoff.O filme mescla suspense com terror,mantém a esfera do original,que é a conexão entre humanos e espíritos,e terríveis segredos que precisam ser revelados,porém a história não é empolgante,como a do garoto do filme anterior.
O pior é que além dessa bomba,é esperado em breve um terceiro capítulo,já que a franquia foi projetada,como uma trilogia,antes mesmo da produção do primeiro,sendo The Haunting in Connecticut, The Haunting in Georgia,e o próximo e último The Haunting in Nova York.Todos baseados em fatos verídicos.
Realmente,não sei se seria necessário uma terceira produção,depois do fiasco que foi este segundo,pois agradou muito pouco.Porém The Haunting in Connecticut,teve muita repercussão em 2009 e agradou nas bilheteria,é de praxe que haja uma pré-sequência.Só espero que seja bem melhor que essa continuação.
Eu já havia lido algo à respeito sobre a história deste acontecimento,é meio surreal acreditar nisso porém o que segundo os próprios moradores e a família da época relatam ter passado por esse trágico e aterrorizante episódio que atormentou essa família por dias.Em uma conclusão geral,não gostei do filme,acho que poderia ser melhor,melhor que o primeiro até,porém tudo foi mal escolhido,destaco principalmente o elenco,que foi um desastre,e não aconselho assistir esperando uma boa história,veja mais como um passatempo.


Um comentário :

  1. Eu adorei o filme,não é tão convencional e assustador igual foi o da funerária,porém nao deixa de ser um atrativo.muito bom seu blog

    ResponderExcluir